Arquivo | 09:57

Nace Mira por elas, plataforma plural en defensa dos medios de comunicación públicos en galego. Asinamos o manifesto

17 Mar
   Nace a plataforma plural en defensa da radio e televisión públicas galegas, e presentan o manifesto Mira por elas que, entre outras cousas, defende que deben impulsar a normalización do galego. Forman parte da Plataforma cidadá en defensa da radio televisión pública galega asociacións culturais, feministas, profesionais, deportivas, sindicais e políticas que decidiron crear e impulsar esta iniciativa plural e cidadá en defensa dos medios públicos.

   Calquera persoa ou entidade pode asinar o manifesto Mira por elas, no que se sinala, entre outras cousas que a CRTVG “defenda a identidade nacional de Galiza, promova o coñecemento e a difusión da súa historia e a súa cultura e impulse a normalización da súa lingua”, “informe con veracidade, imparcialidade, independencia e pluralidade”, “estimule a participación democrática mediante unha regulación que asegure a aplicación efectiva do dereito de acceso aos medios públicos dos grupos sociais e políticos, sen excluír as minorías”, etc.

Asinaremos e convidamos a que asinedes.

Toda a info en: http://www.miraporelas.com/asina-o-noso-manifesto.html

A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa

17 Mar

http://observatorio-lp.sapo.pt/pt/paises-cplp1

  Se dão uma vista de olhos vão lembrar conteúdos das primeiras aulas de Português, Segunda língua estrangeira. Entrem em cada ligação ;D

Apresentado projecto do portal de promoção da aprendizagem da língua portuguesa na Internet que irá ligar professores de todo o mundo

17 Mar

Portal de Internet para ensino-aprendizagem do português     O Instituto Internacional de Língua Portuguesa (IILP) apresentou hoje, na capital cabo-verdiana, o projecto do portal de promoção da aprendizagem da língua portuguesa na Internet que irá ligar professores de todo o mundo

15-03-2012

O portal, intitulado “Português da Gente, o Português de Toda a Gente”, está a ser desenvolvido pelo IILP em colaboração com especialistas em aprendizagem de português como língua estrangeira, que o assessoraram no planeamento.

Gilvan de Oliveira, diretor executivo do ILP, explicou que a criação do portal está prevista no Plano de Ação de Brasília para a Promoção, Difusão e Projecção da Língua Portuguesa no Mundo, aprovada em 2010 na primeira conferência sobre o futuro do Português.

“A unidade de Internet permite o intercâmbio de professores de todo o mundo e a preparação de unidades didáticas que o professor ou alunos autodidatas possam utilizar”, disse.

Garantindo que “o material é muito inovador, pois disporá de cursos ou unidades de cada um dos oito países da CPLP”.

“O aluno poderá escolher que português quer aprender e haverá lições preparadas por cada um dos países, com as suas respetivas características”, disse.

O contacto com o português de todos os oito Estados da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) será garantido nesse portal “tipo Wikipédia”, em que todos os utilizadores da língua portuguesa vão poder interagir e colaborar gratuitamente.

“O curso ocupará um portal na Internet que permite o acesso no mundo todo, de forma gratuita, e ainda permitirá aos professores preparar o material e mandá-lo para o portal como se fosse a Wikipédia. Todos os professores serão autores e cada professor no mundo poderá colaborar  colocando o seu exercício”, disse  Será acoplado aos elementos mais modernos da Internet, onde o aluno terá, em redor da sua unidade, acesso a dicionários “on-line”, “chats” e ao amazon.pt, onde se poderá adquirir livros em português.

Mais informação:

http://observatorio-lp.sapo.pt/pt/noticias/portal-de-internet-para-ensino-aprendizagem-do-portugues